Assembleia aprova indicação de Bruno que prioriza a vacinação de mães que amamentam

Assembleia aprova indicação de Bruno que prioriza a vacinação de mães que amamentam

O deputado estadual Bruno Lamas (PSB) conseguiu emplacar mais um grupo entre os que deverão ganhar prioridade na vacinação contra a Covid-19: o das lactantes (mulheres que amamentam).
A indicação foi aprovada pela Assembleia Legislativa, na sessão da última segunda-feira, dia 31, e depende apenas do aval do governador Renato Casagrande (PSB) para valer.
“Nossa proposta prevê que as lactantes, com ou sem comorbidades, sejam incluídas na primeira fase do Plano Estadual de Vacinação, de modo a serem prioritariamente vacinadas, ao lado das profissionais de Segurança, Educação e idosos acima de 60 anos”, explicou Bruno.

Atualmente, apenas grávidas, puérperas (mães de recém-nascidos) e lactantes com comorbidades fazem parte dos grupos prioritários de imunização. Uma série de movimentos pelo País luta pela alteração do Plano Nacional de Imunização para incluir aquelas que não possuem doenças pré-existentes.
Para justificar sua proposta, Bruno fez um alerta. Segundo ele, o Brasil é o país com maior número de casos de morte de mulheres grávidas e no pós-parto pelo coronavírus.
Levantamento do Observatório Obstétrico Brasileiro de Covid-19, no ano passado, mostrou que 10,5 era a média semanal de mortes de gestantes e puérperas. Agora, em 2021, até o dia 7 de abril, a média semanal saltou para 22,2 mortes.
“Assim, deve-se garantir a vacinação prioritária do referido grupo, vez que antecedem outros em urgência e necessidade de vacinação”, justificou Bruno.
 

Tags:

Leia também

Acompanhe

Carregando...
Ver mais vídeos